Orando com o Hunt in Pairs

Zan Crabbe e Jake Jubba são os nomes por trás do Hunt in Pairs. Entusiastas de cinema, música e uma boa xícara de chá nas madrugadas, ambos compartilham em seu gosto pessoal uma admiração pelo excêntrico David Lynch e pelas bandas Beach House, Velvet Underground e The Horrors que logo mais passa pelo país.

A faixa tem batidas eletrônicas combinada a uma atmosfera fantasmagórica. Parece ter saído de décadas atrás. Certamente vai agradar tanto os fãs de gótico como os da quase esquecida Witch House. O clipe foi feito no melhor esquema Do It Yourself bancado pela própria dupla.

Anúncios

Assista “Tapes and Money” do Totally Enormous Extinct Dinosaurs

Orlando Higginbottom, mais conhecido pelo seu alter-ego Totally Enormous Extinct Dinosaurs, é um produtor musical que passeia pela house, electro e algumas experimentações provocando um cataclisma sonoro moderno que caiu nas graças tanto do público indie, como até do mais xiita da música eletrônica.

Ele é uma das atrações do segundo (e concorrido) dia do festival Sónar, que acontece nos dias 11 e 12 de maio na capital paulista com apresentações de Justice, Mogway, James Blake, Bjork & Ryuichi Sakamoto.

Abaixo, assista o vídeo dirigido por David Terranova com direito a uma apresentação colorida e performática.

Chemical Brothers e seu novo vídeo: “Swoon”

Após 15 anos do lançamento do obrigatório “Exit Planet Dust“, é surpreendente testemunhar o Chemical Brothers mantendo-se no primeiro time da música pop e estarem na lista dos grandes nomes da eletrônica com suas apresentações lotadas e seus lançamentos ainda ganhando respeitáveis posições nas paradas mundiais.

A fórmula de batidas pesadas somadas a vocais conhecidos e climas alucinógenos combinados a uma atitude roqueira, conquistaram o público e os colocaram nos principais festivais do mundo como headliners, tanto dentro, como fora da cena da e-music. O duo também, pode ser condiderado o grande carro-chefe do selo Astralwerks.

Kevin Rowlands e Ed simons pretendem se superar após “We Are The Night” de 2007. Seu novo trabalho “Further” aterrisa na rede (e nas lojas) no dia 14 de junho. Desta vez, não serão chamados vocalistas convidados, uma de suas marcas registradas. Ao invés disto, cada música ganhará uma versão em vídeo seguindo a mesma ideia da canadense Peaches.

O primeiro, é para o single de “Swoon“. Uma típica faixa dos “Brothers”, porém, com um apelo tão pop quanto o de “Star Guitar” (de 2002).Flat Nose & George ficaram responsáveis pelo visual do clipe cheio de sombras coloridas que seguem a linha de alguns vídeos passados nos telões de suas turnês anteriores.

Karatê Kid VS. Karatê Kid

“Os imortais Myagi (Pat Morita) & Daniel Larusso (Ralph Macchio)”

Com a incessante onda de refilmagens, era óbvio que chegaria a hora de um dos meus filmes favoritos ser destruído com uma nova versão. No início de 2009, fiquei de cabelo em pé ao ler sobre um novo “Karate Kid“, hoje, tive a infelicidade de ver o trailer em que Pat Morita é substituído por Jackie Chan, e Ralph Macchio por Jaden Smith.

Não é preciso ser um gênio para saber que será um mico dos grandes. É horrível ver um dos filmes que formaram seu caráter voltar a vida de maneira medíocre, e pior ainda, é terem limado os vilões do Cobra Kai da trama.

No original de 1984, a ação se passava na Califórnia (EUA), na versão 2010, em Beijing na China. Bem, o orgulho chinês é o kung fu, porque raios vão doutrinar a luta mais popular do Japão por lá? Tirem suas conclusões, vejam os trailers, mas não me convidem para ver o assassinato de um clássico de minha infância.

O novo Karate Kid (2010)

O original (1984)

Survivor – “The Moment of Truth (1984)”