+ Jackson Division –

Anúncios

Orando com o Hunt in Pairs

Zan Crabbe e Jake Jubba são os nomes por trás do Hunt in Pairs. Entusiastas de cinema, música e uma boa xícara de chá nas madrugadas, ambos compartilham em seu gosto pessoal uma admiração pelo excêntrico David Lynch e pelas bandas Beach House, Velvet Underground e The Horrors que logo mais passa pelo país.

A faixa tem batidas eletrônicas combinada a uma atmosfera fantasmagórica. Parece ter saído de décadas atrás. Certamente vai agradar tanto os fãs de gótico como os da quase esquecida Witch House. O clipe foi feito no melhor esquema Do It Yourself bancado pela própria dupla.

O début do Dandi Dracula

Sábado (09/07) fui acompanhar um dos últimos ensaios do projeto Dandi Dracula antes de sua estreia. Eles resolveram fazer um formato em dupla  mesclando poesia e ambiências sonoras às suas faixas que já estão sendo divulgadas na rede via Soundcloud.

Sem muita cerimônia, Ozie Gheirart e o produtor prodígio Pedro Zopelar, passaram as músicas que fariam parte do pocket show. Foram adicionadas novas bases, sons e até o andamento delas foi modificado para a apresentação. Claro, eles prometem em breve um show mais pesado com os quatro integrantes.

Terça (12/07), eis que me dirijo ao recém inaugurado Beat Club para ver a performance do duo dentro da noite Cabaret Revoltaire, um inusitado sarau organizado pela velha conhecida Isadora Krieger. Zopelar e Gheirart são duas figuras perfeccionistas que amam música acima de tudo e não iriam deixar este que vos escreve decepcionado.

Relógio marcando 00h00, e o vocalista entoa um poema de sua autoria emendado a uma bela versão de “Siamese Twins” do The Cure. Surgem também “The Cold Of The Soul Doesn’t End With The Sun“, “Decay  of Lying” e “Astral Trip“, uma delas acompanhada por versos de Pablo Neruda. Experimentalismo e união do novo e clássico fazem do grupo um dos mais interessantes na cena paulista atual, e valem a pena serem vistos…e ouvidos. Aguardem a próxima aparição.


Beldades em preto e branco

Os clipes podem não ser tão novos, mas sempre valem uma segunda exibição. O “trevoso” She Wants Revenge lançou no mês de fevereiro um belo vídeo promocional para “Take the World“. Gravado em p/b  por Adam Bravin (que faz parte do duo), contém cenas de belas mulheres que parecem estar uma filmando umas as outras.

Para fechar a dobradinha videoclíptica, DJ Hell e os vocais do mestre Bryan Ferry acompanhados de um elenco pra lá de sexy em “U Can Dance” (de 2010).

2 x Control

Parecia impossível a ideia de tornar a sombria “She´s Lost Control” ainda mais sinistra.

O responsável pela façanha, foi o músico  Spoek Mathambo. Criando um climão electro sujo para o hino do Joy Division que chega acompanhado de um clipe arrepiante que foi ansiosamente aguardado na rede, com direito a premiére na versão digital da revista Dazed & Confused.

Assista abaixo as duas versões: