Meu encontro relâmpago com Peter Hook

993698_10151944628452034_571677352_n

Quem me conhece sabe a importância que o Joy Division e New Order tiveram na minha formação musical. Honestamente nunca me interessei pelas tours caça-níqueis, e pelos DJ Sets duvidosos,  de Mr. Peter Hook, porém, nunca deixei de admirar seu som de baixo inconfundível e sua atitude no palco.

Tive a chance de ver o New Order com ele uma vez ( no finado Via Funchal ) na turnê do álbum “Waiting For The Siren´s Call”. Depois ele retornaria diversas vezes no Brasil relembrando suas antigas bandas e oscilando entre apresentações constrangedoras e memoráveis.

Sexta passada consegui uma folga na minha rotina e fui num evento à tarde onde ele se apresentaria com seu DJ Set. Não sou muito fã de coquetéis e vernissages devido a jequice do público muóderno que está lá mais para dar close do que pela música.

Enfim, tive a chance de tirar uma foto com um de meus heróis do baixo e falar rápidão sobre o Revenge e Monaco (outros projetos do figura). Ele deu um sorriso acompanhado de um olhar espantado e falou: “Thanks Mate”.

Eu que agradeço Mr. Hook.

Vai, pode falar.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s