Minha homenagem ao Dia do Rock

Para muitos o rock nasceu oficialmente em 1955. Ano em que os precursores começaram a incomodar uma geração que não queria enxergar tamanha revolução acontecendo nas lojas de discos, rádio e nos até então, recatados bailinhos. Logo foi adotado pela juventude. Era sinônimo de rebeldia, da luta contra o senso comum.

Anos se passaram e assim como uma criatura híbrida, o estilo foi mudando, amadurecendo, gerando divisões e subdivisões. Sempre mantendo seu caráter contestador, da luta do mais fraco contra o opressor. Ficou mais arrastado, pesado, horas suave…outro rápido como fecho de luz. Glamouroso, podre, chique e cafona. Não necessariamente nesta ordem.

Em 13 de julho de 1985, foi proclamado seu dia. Uma data em que mais uma vez fomos testemunhas de seu poder de agregar pessoas por uma causa nobre, que por alguns instantes acordaram um novo público tido como alienado por nossos pais.

Ele pode não ser mais a última novidade, mas se em algum momento você teve vontade de mudar algo de forma corajosa e independente, você teve uma atitude rock n roll!

Não importa se é careta, maluco, rockabilly, hippie, glam, metal, progressivo, punk, indie… todos fazemos parte desse palco da vida real e de certa maneira, da vida dos ídolos que nos encorajaram a continuar nos momentos difíceis.

Feliz Dia do Rock.

Vai, pode falar.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s