Resenha: Band of Horses no Beco SP

Depois de passarem meio desapercebidos no imenso line up da versão brasileira do Lolapalooza, os barbudos do Band of Horses retornaram ao Brasil para fazer sua própria mini tour. Ainda divulgando “Infinite Arms” de 2010, o quinteto se apresentou na segunda (21/05) na versão paulista do Beco para seus fãs, que saíram de casa sem se preocupar com uma ressaca em pleno início da semana.

Os americanos entraram em cena (com um atraso de quase uma hora) disparando a certeira “Factory“.  O grupo é frequentador de trilhas de filmes e seriados teens devido a seu apelo indie folk com boas dosagens de peso e melancolia. “The Funeral“, “Is There a Ghost“, “No One´s Gonna Love You” e “Dilly” foram algumas das faixas que empolgaram o público.

Empolgada também, estava a banda com a recepção calorosa do público paulista. Os próprios, declararam que era uma das melhores plateias pra quem  já tocaram, e querem voltar nos próximos anos. O set list foi finalizado com “Am I Good Man” ,e o vocalista Ben Bridwell exibia um papel escrito “You are a good man“, em nossa homenagem.

Fotos: Ozzie Gheirart

About these ads

3 pensamentos sobre “Resenha: Band of Horses no Beco SP

  1. Empolgada também, estava a banda com a recepção calorosa do público paulista. Os próprios, declararam que era uma das melhores plateias pra quem já tocaram, e querem voltar nos próximos anos. O set list foi finalizado com “Am I Good Man” ,e o vocalista Ben Bridwell exibia um papel escrito “You are a good man“, em nossa homenagem.

  2. Pingback: Hot Chip – “How Do You Do” « DISCOTECA KAMIKAZE

Vai, pode falar.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s